Pai_dos_Povos

Segunda-feira, 25 de Abril de 2005

Pasta Erudita

Sem ter a intenções de o tornar numa rubrica periódica, o vosso amigo pataphisico_azul gostaria hoje de  mais uma receita culinária que aprendeu nas suas viagens pelo mundo. O Spaguetti al Aglio, Olio e Pepperoncino (que também se chama Spaguetti Espresso), o prato que vos trago hoje, é bastante nutritivo e em especial energético, mas também delicioso. Mas o melhor de tudo é que é o prato mais fácil e rápido de preparar com que este vosso chef já se deparou. Basta cortar uns dois dentes de alho por pessoa em fatias (bem sumarentos...), e aloira-los um pouco em azeite virgem, com um piri-piri desfeito e alguma pimenta (se for frescamente moida, é melhor). Os alhos devem ficar transparentes, mas nunca queimados. O molho deve ser depois deitado sobre o spaguetti cozido al dente. Como opção, podem adicionar algumas ervas aromáticas frescas: salsa fica bem, manjericão não é mau, oregão também foi tentado com sucesso. Outros experimentos, (coentros, funcho...) deixo à imaginação dos caros leitores. Quanto a ervas secas, dão um sabor amargo, mas, em especial o oregão é apreciado por algumas pessoas. Por fim, há ainda quem goste de adicionar parmigiano ralado, tornando-o num prato ainda mais rico. No entanto (e não deixando de ser apenas o meu gosto pessoal), o vosso caro pataphisico_azul prefere esta iguaria apenas com o molho, sem ervas e sem queijo.


Quanto ao acompanhamento para este prato, aconselharia um tinto de sabor fresco, e bastante leve. De preferência, vinho novo, portanto.


Mas podem alguns de vós perguntar: porque é que eu escolhi esta receita para vos apresentar aqui hoje? Como todos sabemos, o nosso é um blógue erudito. Aproximadamente o blógue mais erudito da blogoesfera. Ou mais ainda que isso. Que vos poderia apresentar então, senão a receita culinária mais erudita de sempre? Mas não se limita a ser erudita! Senão vejamos: o Spaguetti al Aglio, Olio e Pepperoncino é conhecido por ser preparado em todas as tertúlias intelectuais em Italia, pois os intelectuais e os artistes não tinham tempo para preparar nada mais complexo, tinham que passar a noite a discutir coisas importantes como Sartre, se alinhavam ou não com o representacionismo, e a merda sem cheiro, e depois lá para as 3 da manhã, já tinham fome outra vez (que isto falar sem dizer nada, numa cave mal iluminada e cheia de fumo, dá fome), e lá ia outro preparar a pasta. É um facto sabido que Gramsci ele próprio preparou por várias vezes o Spaguetti al Aglio, Olio e Pepperoncino. Por isso, pensámos que, já que a maioria dos nossos leitores são extremamente eruditos (e de certeza que quase nenhum sabe cozinhar), pensamos estar aqui a prestar um grande favor à "comunidade bloguística" (hã? A quem?).

publicado por товарищ V. E. às 01:41
link do Manifesto | Debater | Adicionar ao Livrinho Vermelho
2 comentários:
De C. a 25 de Abril de 2005 às 08:47
não li nada. Moisés não...profeta sff.


C.
De Acolito a 25 de Abril de 2005 às 08:37
E assim acontece...
Para a semana: como fazer cozido à portuguesa vegetariano!

Argumentar

товарищи

Lenin

Manifestos recentes

Abençoados

10 de Junho

Year Zero

Descoberta fantástica!

Fruta

A luta continua!

Após uma tragédia no meu ...

O Natal

Eu

Aquecimento global

God-Zilla

Materialismo dialéctico

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Carlos

pesquisar

 
Marxismo

Ligações obscuras

subscrever feeds