Pai_dos_Povos

Sexta-feira, 24 de Junho de 2005

Culinária socialista

A pedido dos trabalhadores, o pataphisico_azul vai hoje propor mais uma receita culinária para deleite dos seus leitores. O tempo já vai quente. Bastante quente, aliás, e já abriu a época das barbacuas. Por isso, hoje, apresentar-vos-ei uma iguaria que esteve muito em voga em meados dos anos '70, em especial entre militantes do Partido Comunista Portugues, sendo no entanto originária do Cáucaso, mais propriamente das costas do mar negro, e que era o prato preferido do Secretário Geral do P.C.U.S. tovarisch Iosif Vissarionovitch Djugashvili "Stalin". Falo-vos de "Criancinha no Espeto".


Uma parte importante na confecção desta iguaria, passa pela selecção da carne. Os meus leitores devem atentar bem, e escolher só criancinhas das melhores famílias burguesas. Isto porque, criancinhas de famílias mais pobres dão uma carne menos gorda, que é, depois de cozinhada, demasiado seca. Por outro lado, a carne de criancinhas de famílias aristocráticas, também não é a melhor escolha, já que o alto consumo de carnes, em especial carne vermelha e de caça, que se verifica nesta classe social, tende a aumentar muito o colestrol das criancinhas, piorando além disso o sabor da carne. Outro ponto importante é seleccionar bem a parte da criancinha a utilizar na confecção deste delicioso prato. Se a criancinha for bem constituída, sem ser demasiado flácida, o que é ideal, a melhor parte é o entrecosto, a que se tira o osso. Utiliza-se também as perninhas, cortadas em cubos, e as costeletas, também sem osso (o que resta da carne também pode ser grelhado, mas não é ideal para o espeto. Apenas o rabinho aconselho a deixar para outro dia, e assar no forno com batata pequena e laranja). Toda a carne deve ser deixada a marinar durante pelo menos cinco horas, numa combinação de alho, sumo de limão, louro, sal, pimenta, e vinho tinto (se experimentarem substituir um pouco do limão por um pouco de lima, dá um sabor mais alegre ao prato...). Após isto, devem por a carne nos espetos (como sabe quem leu a minha posta de 3/12 passado, saber grelhar é o principal orgulho do macho humano a seguir ao comprimento de certo órgão exterior). Caso seja preciso, os pedaços de carne referidos alternam-se no espeto com pedaços da entremeada gorda (que também se deixa a marinar na mesma combinação), para ficarem mais sumarentos. Não é utilizado na receita original, mas, caso seja a gosto dos caros leitores/cozinheiros, também se podem grelhar nos mesmos espetos, vegetais, tais como pimentão, cebola, ou mesmo alho, bróculos, ou batatas. A gosto. Como acompanhamento, também não vou sugerir nada em particular, já que a barbacuas está o português mais que habituado e sabe o que fazer.


Quanto a líquidos, não poderia deixar de recomendar um Cahor georgiano, com umas vodcas fresquinhas no fim para refrescar e digerir (pelo amor de deus, sem sumos à mistura). Mas, para quem prefere os tintos nacionais (sim, que isto de carne, ainda por cima grelhada, nem pensar em branco ou verde...), aconselho um Douro com um sabor bem frutado, ou então um Dão, que também não vai mal. Ah, e garantam que têm sombra para toda a gente tirar uma sesta depois do almoço. Estas criancinhas burguesas são bem pesadas...

publicado por товарищ V. E. às 02:17
link do Manifesto | Debater | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|
5 comentários:
De pataphisico_azul a 28 de Junho de 2005 às 02:11
Minha cara angel, já lhe disse que tem que consultar os nossos arquivos. Prove a nossa deliciosa sugestao de 5/11/2004, ou entao de 25/4/2005. E já sabe: arquivos do Blog Anti Blog é que é! (Também fazemos casamentos e funerais)
De angel_innocent a 27 de Junho de 2005 às 06:11
eu também sei algumas receitas... mas são de outros géneros!
De Lady_Athamay a 27 de Junho de 2005 às 02:55
Só umas criaturas horrendas como uns comunistas como tu é que eram capazes de pensar numa coisa tão terrível. Tenho nojo de voces todos e do teu blog.
De pataphisico_azul a 27 de Junho de 2005 às 00:55
Como preferir, meu caro, como preferir. Mas depois não diga que não o avisei sobre problemas de digestão, qque como já disse, estas criancinhas burguesas são de digestão pesada...
De astropastor a 24 de Junho de 2005 às 04:32
Tenho uma dúvida chef, o rabinho, que aconselha a deixar ficar para o outro dia. Talvez seja melhor, esquecer essa recomendação e comê-lo imediatamente. É que rabos de crianças burguesas de 18 anos para cima, não se comem todos os dias.

Argumentar

товарищи

Lenin

Manifestos recentes

Abençoados

10 de Junho

Year Zero

Descoberta fantástica!

Fruta

A luta continua!

Após uma tragédia no meu ...

O Natal

Eu

Aquecimento global

God-Zilla

Materialismo dialéctico

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Carlos

pesquisar

 
Marxismo

Ligações obscuras

eXTReMe Tracker

subscrever feeds