Pai_dos_Povos

Terça-feira, 1 de Agosto de 2006

Polémica na Organização das Organizações (Terroristas) Unidas

Rebentou a polémica na OO(T)U – a Organização das Organizações (Terroristas) Unidas.

Esta organização foi fundada nos anos ’60 do séc. XX como uma alternativa à O.N.U., por várias organizações que viam esgotado o modelo de nação, como a OLP, a ETA, o IRA, o Sendero Luminoso (membros originais permanentes do Conselho de Insegurança, a que se juntaram mais tarde a Al-Quaeda, o Hezzbolah e o Hamas), vários partidos curdos e guerrilhas centro-americanas, etc. Hoje inclui cerca de 300 membros – quase o dobro da própria ONU, além de vários observadores não membros, incluindo partidos políticos não armados, como por exemplo o Bloco de Esquerda, estados membros da ONU (Irão, Líbia…), e até a própria ONU.

A polémica, levantada pelo Hezzbolah e pelo Hamas, é à volta da aparente intenção da Fatah – herdeiro da OLP, e membro permanente do Conselho de Insegurança - de criar um estado independente. O Hamas propôs o envio de uma força de intervenção de mártires suicidas para a zona, proposta que foi vetada pelo Fatah. Absteve-se a Al-Quaeda, que sugere que atentados suicidas em casa são mais fáceis de organizar, dando os exemplos do Egipto. O representante do Hezzbolah, num discurso inflamado, disse que está disposto a correr com os Sionistas judeus da Palestina do norte, do sul, do leste, e do oeste, e pelo caminho corre também com os Sionistas da Fatah.

Numa intervenção que fez sobre o assunto, o Secretário Geral das Organizações (Terroristas) Unidas, o Prof. Dr. Alberto João Jardim (da Frente Armada para uma Madeira Livre) declarou que "Esses cuban‘s do méd‘ orent querem fazer um nóve país! Cóme se nã óvesse já países que chegass! Há que despaízar o mónde! Há caprender coa stória qus países só fazem merda, e ca merda só vem dos países! Ê tenhum sonhe! No mê sonhe vêje um mónde sem países, só com órganizaçõs! E más a OO(T)U e a ONU. Mas sem países. Prá ONU fazer figura de parva. Quér dzer… Mais do que faz agora. No mê sonhe vêje bombas e fógues dartfíce! E vêje criancinhas alegres com cintes splosives! Este é o nósse feture!"
publicado por товарищ V. E. às 02:53
link do Manifesto | Debater | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|
3 comentários:
De Acolito a 20 de Agosto de 2006 às 16:08
:o
De BigMac a 10 de Agosto de 2006 às 17:35
Oportunidade de negócio

O final dos anos 60 foi uma era carregada de turbulência. Entre a chegada do homem à lua e a minha chegada à terra, parido pela primeira vez. Entre o surgimento dos mercados emergentes asiáticos e a debandada das ex-colónias Portuguesas, protelámos uma série de elementos pioneiros com os quais se nos tivéssemos familiarizado na altura, fariam hoje deste país uma referência mundial no fabrico dos mecanismos de “Vectorização Global”. Sim! Os “vibradores”.
Não usufruindo dos apoios comunitários, dos incentivos à criação de empresas, dos PEDIP’S, o único PEDIP corrente fazia-se na porta da igreja, desviando castanhices matreiras de algum colega de raça canina mais atrevido.
Essa sim, seria a altura propícia para o início do fabrico em série dos praseirosos equipamentos, que muitas frustrações evitam e muitas delícias provocam, aumentando consideravelmente o ego, a auto estima, minimizando os efeitos da impotência comunitária para o seguro desenvolvimento deste país. Esse sim, o verdadeiro choque tecnológico. Até à exaustão fazendo tremelicar frígidas vaginas e outros buracos orçamentais. E digo isto porquê? Podem acusar-me de devaneios economicistas, de investimentos não prioritários, mesmo até de insanidade engenheira. Mas era decerto a altura indicada para tal. Reparem na experiência adquirida de convívio no ultramar com os locais, célebres pela morosidade visual que pasta entre o mirar, do início até ao fim do seu mangalho, os maiores do mundo meus senhores, bem apetecidos por necessitadas donzelas em castelos brancos ou de outras cores, em todos os cantos deste globo. Juntemos a isto a maior potência mundial no fabrico de moldes e outros clitorianos objectos, juntemos ainda as muito prestáveis donzelas a conceder, a troco de uma culta conversa, as suas recôndidas intimidades para de “test ground” servir aos vários modelos do equipamento projectado.
Juntemos-lhe ainda para arrematar uma pitada de Marketing. Sem qualquer dificuldade pela apregoada virilidade do macho latino e pela experiência secular em Marketing governamental que detemos neste pequeno mas belo quadrado esticado, à beira da civilização plantado.

http://bigmacportugal.blogspot.com/2006/07/oportunidade-de-negcio.html#links (http://bigmacportugal.blogspot.com/2006/07/oportunidade-de-negcio.html#links)
De O do ó a 5 de Setembro de 2006 às 01:09
Ó tu alegre malandro
Ó tu que nem tu sabe quem és
Ó tu que não lecas no cu (foi só para rimar)

;ecas:ecas,ecas-ecas?

Que tens a pretensão de te colturizar cultorizando o anti que nem vês que não existe.

Foda-se não consigo entender o estado de espirito que me levou a fazer um insulto do qual eu nem percebo que é um insulto.

À primeira vista parece que aquilo que escrevi nada joga com nada, mas também me parece que a tua apresentação não joga nada com nada, por ventura resultante de um ácido mais forte, um cigarro que te bateu mal, ou o mais certo, a tua necessidade de marcar a diferença pela irreverência que nada marca além de uma escura côr de fundo de quem se esconde de si próprio. Mas isso até é interessante, sai menos dos padrões comuns do que o que pensas, dai a necessidade que decerto já consideraste e faz parte do crescimento dos ossos, de começar a transmitir a mensagem da forma certa.

Vem para a igreja do reino de deus e pinta-te de côr de rosa.

Bigmac

Não leves a mal, apeteceu dizer qualquer coisa desde que meteste um post de 2 kilometros quando estava a começar a fazer o blog uns meses atrás.

Mas gostaria de ter uma critica tua a um post que escrevi crú e reescrevi mais lamechas para criticar certa puta de merda acerca de um comentário que escreveu no expresso. A forma não interessa mas sim a mensagem.

é o seguinte: http://bigmacportugal.blogspot.com/2006/08/bigmac-show-com-rita-ferroada.html#links







Big









Mac

Argumentar

товарищи

Lenin

Manifestos recentes

Abençoados

10 de Junho

Year Zero

Descoberta fantástica!

Fruta

A luta continua!

Após uma tragédia no meu ...

O Natal

Eu

Aquecimento global

God-Zilla

Materialismo dialéctico

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Carlos

pesquisar

 
Marxismo

Ligações obscuras

eXTReMe Tracker

subscrever feeds