Pai_dos_Povos

Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2006

Eu

Cá estou eu. Leitor assíduo do Blog Anti Blog desde há vários anos, a ideia de começar a postar, surgiu numa noite de bebedeira entre eu e o pataphisico_azul. Na manhã seguinte, não me lembrava de nada, mas aquele gajo aguenta mais vodkas que eu (muitas missões revolucionárias na Sibéria, concerteza), e apareceu com a proposta umas semanas depois. Depois de ter reflectido algum tempo, decidi aceitar.
Mas porquê? O que é que me levou à conclusão de que sou digno de escrever no Blog Anti Blog? Bem: como todos sabemos, é um blog "sobre filosofia, teologia, Chomski, sexologia, pelota basca, misticismo, poesia, literatura, arte erudita, gajas, enfim, tudo o que é pseudo-intelectual de pseudo-esquerda, pequena burguesia de fachada socialista. Um blog para discutir a merda sem cheiro." De filosofia percebo eu. Principalmente filosofia de café e filosofia da primeira liga. Teologia, não estou mal. Até fui à catequese quando era puto. O Chomski é que já não, não gosto de burgueses americanos. Mas se o gajo quiser aparecer para comentar os meus textos, também é bem vindo. Sexologia... epá, ele é gajas, gajos, compact discs... Pelota Basca... confesso que não sei quem se qualificou para o mundial deste ano, mas nem posso esperar. O do ano passadp foi uma emoção. Misticismo também é a minha área. Algumas das maiores influências na minha vida adulta, foram o Sôzé e o Prof. Bambo. Leio todos os dias, por isso literatura nem se pôe em causa. Leio A Bola e o Record. Na área da arte erudita, sou pintor, e está tudo dito. Também gosto de fotografias artísticas do estilo das que se podem encontrar em http://www.fuckingeverythingthatmoves.com. Gajas, já disse tudo. Pseudo-intelectual de pseudo-esquerda e pequena burguesia de fachada socialista sou. E muitos dos meus amigos também são, por isso nesse campo, estou lá. Quanto à merda sem cheiro, sou um dos maiores especialistas no assunto a nível nacional, e até europeu.
Vejamos agora: quem sou eu? Todas as informações que eu quero disponibilizar estão na página do meu perfil. Ou seja, nada. Posso chamar-me Paulo, ou José, ou António, ou Miguel, ou então nenhum destes. A propósito, se eu me chamar António, podem-me tratar por Tó. Se for José, pode ser Zé. Mais digo que tenho um emprego estável que odeio profundamente. Enterrado em burocracia. Para além disto, nem vou dizer mais. Estou apresentado.

Opus: José Afonso - Traz Outro Amigo Também
publicado por товарищ Vostradamus às 21:56
link do Manifesto | Debater | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|

товарищи

Lenin

Manifestos recentes

Abençoados

10 de Junho

Year Zero

Descoberta fantástica!

Fruta

A luta continua!

Após uma tragédia no meu ...

O Natal

Eu

Aquecimento global

God-Zilla

Materialismo dialéctico

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Carlos

pesquisar

 
Marxismo

Ligações obscuras

eXTReMe Tracker

subscrever feeds