Pai_dos_Povos

Terça-feira, 28 de Setembro de 2004

Crítica Musical

Quase tudo aquilo que conhecemos, grande parte daquilo que podemos ouvir hoje em dia, desde jazz a rock, de música erudita-moderna aquilo que nem sequer tem nome além de pós-qualquer-coisa, mas muito principalmente tudo o que é pop, foi influenciado pela mesma banda. Essa banda foi considerada a maior banda do mundo, algo de que eu discordaria, dado que sei que, se os compararmos com a banda Ratos de Porao, que apesar de nao ser tao influente, só o vocalista (Jao Gordo) é maior que os quatro membros desta banda, tanto em tamanho, como em talento, diria, mas lá chegaremos.


Obviamente que já adivinharam de quem já estou a falar: das Quatro Baratas de Liverpool. Provavelmente apareceram de algum esgoto ou de alguma lixeira, como todas as baratas, e, sem absolutamente nenhum talento, nem para escrever música nem letras (experimentem juntar tres acordes com qualquer merda que rime e voilá), qualquer um deles mais feios do que a parte de trás de um tractor agrícola, conseguiram convencer todo o mundo exactamente do oposto. Durante 40 anos...


No entanto, essas coisas desaparecem, ou nem por isso, mas ao menos eles desaparecem, envelhecem, ao menos deixam, aos poucos, de fazer música. Ou pelo menos eram as esperanças de gente com bom gosto musical... Mas no entanto...


Que as Boys Bands dos anos 90 tenham sido criadas dentro do mesmo modelo que a Boys Band de Liverpool (com a diferença que pelo menos nao assustavam criancinhas quando sorriam, e alguns até sabiam cantar mais ou menos), chateava-me, mas ao menos quem os idolatrava eram so adolescentes hiperhormonizadas. Mas depois havia (e há) o famoso brit-pop. E o que é brit-pop? É simples: putos ingleses, feios que nem a parte de trás de um tractor agrícola (mas nisso nao conseguem chegar ao nível dos originais), a fazer discos com músicas que sao baseadas em 3 acordes e qualquer merda que rime. Para começar a dar exemplos, nem podia ser outra coisa senao Oasis, que nem sequer se deram ao trabalho de ter um penteado diferente dos ditos Escaravelhos de Estrume dos sixties. Depois temos Blur, Blink 187, e outros pops que gostavam de ser tao maus como os Besouros originais mas nem sequer tao feios como eles como eles conseguem ser, quanto mais maus. Mas estas sao as bandas que imitam os Coleoptedros na sua fase de yé yé. Depois, há as bandas que os imitam quando foram para a California, fizeram filmes, começaram a fumar uns charros (f*da-se, malucos!), a ouvir música oriental do pai daquela miúda que agora também faz música má como tudo, e a continuar a fazer músicas de merda com letras tao profundas como o Rio Seco no pico do Verao. Segundo a crítica, foi a melhor coisa que apareceu desde Beethoven, e toda a gente mergulhou de cabeça. Quem é, entao, que imita as nossas Baratas Liverpooleanas nesta sua fase mais freak? Meus amigos, basta ouvir com um bocadinho mais de atençao uns Radiohead, fechar os olhos, e imaginar o John, o menos talentado deles todos, na opiniao deste vosso amigo, com os seus óculos a hippie (ou os hippies é que tinham óculos a John? Fica a questao...) a cantar o "Karma Police", e aí temos. Beatles com sintetizadores, distorçao, cenas electronicas, e mais nao sei o que que eles gostavam de ter naquela altura mas a tecnologia nao deixava. E como os Radiohead, concerteza que há muitos mais, o vosso amigo pataphisico_azul é que nao conhece, dado que deles foge como o Diabo da cruz. Deixo-vos só outro exemplo, que, apesar de nunca ter ouvido, imagino que seja no mesmo estilo: os Toranja. Portanto, quando pensavamos que estavamos livres das quatro malditas Baratas e dos seus silvos, vem tantas, mas tantas atrás... mas afinal é assim, com baratas. Matamos quatro, saem 50 do mesmo buraco.


Hel1.jpg

publicado por товарищ V. E. às 01:08
link do Manifesto | Debater | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|

товарищи

Lenin

Manifestos recentes

Abençoados

10 de Junho

Year Zero

Descoberta fantástica!

Fruta

A luta continua!

Após uma tragédia no meu ...

O Natal

Eu

Aquecimento global

God-Zilla

Materialismo dialéctico

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Carlos

pesquisar

 
Marxismo

Ligações obscuras

eXTReMe Tracker

subscrever feeds