Pai_dos_Povos

Domingo, 28 de Março de 2004

Desculpe....tem livro de Reclamações?!!

Não sei ,em termos estatisticos, se é ao Domingo que se sucidam mais pessoas ou não....mas espero que seja.
O Domingo....ahhh......
A pasmaceira de rever merda clássica na tv, com filmes mais velhos que o cagar. Os passeios que se desejam intermináveis perante um por do sol e as filas de carros que se apanha até chegar a casa. Os putos a correrem que nem loucos como que estivessem estado trancados numa cave durante o ano todo. Os casalinhos beijando-se nos relvados (arranjem um quarto....dass). Resumindo.....ao Domingo é quando nos dedicamos a fazer as coisas que mais gostamos. No fundo aquela alegria toda desvanece-se quando se chega a casa ou de repente alguem se lembra que amanhã é Segunda...pois, a inevitável Segunda-Feira.
Ai toma conta a depressão de Domigo......pessoas infelizes vendo a tv....recauchetadas no sofá, com um olhar vazio, vendo o resto da merda que os canais de tv têm para passar, e recordam-se que apenas à 1 hora atrás eram as pessoas mais felizes do mundo.
Meus amigos.....o Domigo é o dia mais infeliz, cruel e desumano dia da semana......Se Deus tivesse um trabalho a full-time, recebendo um salário merdoso, a ver se ele voltava lá no dia seguinte......mas não. Apenas fez um trabalhinho e tchau....mai nada. Tirou um dia de folga e depois nunca mais trabalhou de novo.......para ele ainda deve de ser Domingo.
Ora bem, sabendo que a Terra foi criada às 9 horas da manhã de 26 de Outubro do ano 4004 A.C. , sensivelmente, em 2190000 dias ele folgou 19650000......epá...isso nem a Função Publica conseguirá superar. Não se esqueçam que ele nem fazia pontes, pois ainda não havia Feriados. Assim tambem eu, mas como ele era patrão de si mesmo e nem descontava para o IRS estava encantado....
A ver se hoje ele aguentava mais de 1 mês com essa atitudezinha bloquista, bolchevique revolucionária de uma facção partidária reacionária pouco conhecida.
Como se diz por cá...o gajo tem obra feita.
Agora pergunto eu....e nós pá? Um tipo atreve-se a falhar um dia e apanha um raspanete daqui até ai...é injusto...eu não faltei 1965000 dias.
Esse snob que julga que manda em tudo lá de cima que venha cá abaixo prestar contas ao IRS.....isso não vem ele, pois não. Só de pensar nas queixas que nós temos para fazer nem ele se atreve....
As igrejas devia de ter livro de reclamações, já que vozes de burro não chegam ao Céu, talvez uma mesagem escrita, mms ou sms cheguem...
De injustiças já nos basta o governo...

Um grande bem-haja...


http://www.fisica.ufc.br/kelvin2.htm
publicado por товарищ V. E. às 09:42
link do Manifesto | Debater | Assistir ao debate (6) | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|
Segunda-feira, 22 de Março de 2004

I like The Drugs, But The Drugs Don't Like Me

Falemos das drogas legais: bem, comecemos pelo café. Claro que toda a gente já ouviu dizer que o café faz mal á saúde, que se deve beber nao mais que dois por dia... tanga. Uma pessoa perfeitamente saudavel, sem problema nenhum, principalmente de coraçao, pode beber até cerca de 15 bicas por dia. Foi um médico que me disse isto. Claro que, mostrem-me esta pessoa, que merecia andar num desses freak shows de feira. Mas só por isto o café é uma droga de merda. Passemos agora ao alcool. O bonito do alcool é que um verdadeiro viciado nao é capaz de manter uma vida normal. Temos o famoso exemplo de uma personagem da cinematografia portuguesa a estabelecer conversaçao com um poste de iluminaçao. Neste ponto, pode ser comparavel à heroína. Mas a habituaçao a esta nobre droga só é conseguida após muito esforço e muitas noites, por vezes até dias, de bebida. Assim, está bastante longe da heroína, já que esta causa habituaçao muito rapidamente, e também uma habituaçao muito mais forte (falo aqui de habituaçao física, já que a psicológica dava um livro, nao um blog). Mas há uma outra droga legal que em termos de habituaçao pode ser comparada com a heroína: o tabaco. Quem fumar, deve lembrar-se que nao é preciso sequer um maço inteiro se ficar viciado. Apenas os sintomas de abstinencia sao mais ligeiros.


Falemos entao de outras drogas. Os nossos amigos pseudo-qualquercoisa querem legalizar as drogas leves. Em primeiro lugar, nao percebo porque é que lhes chamam leves. concerteza nunca apanharam com um calhau de chamon dos grandes nos cornos. Há também quem lhes chame ligeiras, talvez porque sejam rápidas. Por um lado tem razao, um tipo fuma um charro e aquilo nem dá para curtir a moca durante uma noite inteira, passa logo depois de duas ou tres horas; mas por outro lado, nunca ouvi falar de nenhuma planta, nem sequer a Cannabis Sattiva, mais rápida que um cavalo... Quanto às razoes para legalizar as drogas supostamente "leves", já nem me lembro bem quais sao. Supostamente nao causariam uma habituaçao tao forte como as drogas duras (ou o tabaco), ou nao alterariam o modo de vida do individuo habituado de um modo tao radical como algumas drogas duras (ou o alcool). Bem, estaremos a assumir que quem fuma haxixe nao bebe e nao fuma, e nem sequer mistura a dita droga com tabaco. Dito isto, gostaria de apresentar algumas razoes contra a legalizaçao das drogas leves: primeiro, sao drogas para meninas. Se se querem matar, bebam vinho, vodca, ou até do escoces, se quiserem, apesar de também ser uma bebida que provavelmente tem o mesmo sabor que uma mamada ao principe Carlos, ou fumem cigarros, charutos, cachimbo, beedies, e por ai adiante; segundo, aqueles pseudo defendem a legalizaçao só para serem radicais e diferentes (de frentes), por isso cá o povo faz-lhes a vontade e fica contra eles (e dá-lhes por trás). Já dizia o meu avo que Trotskista feliz é Trotskista na oposiçao, mesmo o próprio Trotski nunca esteve muito contente quando pertenceu ao governo do Lenin.


Gostaria agora de falar um pouco sobre as drogas duras. É também um mistério a razao de serem chamadas de duras. Só mesmo um Louça é que achava que o chamon é menos duro que umas gramas de coca, tao suave, tao leve, como algodao...ou mesmo o cavalo... Quanto aos seus efeitos, é verdade que causam uma habituaçao bastante mais forte (tipo tabaco), ou que a sua habituaçao pode mesmo causar alteraçoes na vivencia do viciado (i.e., o indivíduo nao consegue ter uma vida normal, assim como o alcoolico). Podiamos até falar de doenças que sao causadas por estas drogas duras, muitas vezes crónicas, normalmente no fígado (mas nao tao graves como pelo alcool). Mas se fossemos por ai, tinhamos que falar também das doenças crónicas que sao causadas pelo uso prolongado de canabonoides, como por exemplo a esquizofrenia. Entao eu gostava de dizer só mais uma coisa. Se querem ser fixes, e fumar droga no Bairro, radicais, maus, ou o que vos der nos cornos, deixem lá essa merda de drogas leves. Isso é droga para menina teenager que viu na televisao. Drogas duras é qué!!


Legalize hard drugs now!!!

publicado por товарищ V. E. às 12:12
link do Manifesto | Debater | Assistir ao debate (11) | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|

Onde estao todos?

Hoje fui consultar o blog, e vi que ninguém mexia nele há tanto tempo, que ele tudo tinha desaparecido. É certo que nao é preciso publicar com tanta regularidade como o Abrupto, mas... Is anybody out there?
publicado por товарищ V. E. às 01:28
link do Manifesto | Debater | Assistir ao debate (5) | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|
Terça-feira, 9 de Março de 2004

O Dia da Mulher

Bem, ontem comemorou-se em Portugal o dia da mulher. sim, comemorou-se. e acho bem que as mulheres tenham um dia, porque se até os animais e as crianças têm um dia, porque raio não existir um dia da mulhere? têm - supostamente - os mesmos direitos dos animais, se bem que essa questão é discutível. vamos a factos: ontem saí, com uns amigos, e fomos beber uns copos. Facto A) As estradas estavam todas com um transito anormalmente lento e filas de trânsito em sitio que não lembram ao diabo - o que confirma o velho ditado: mulher ao volante, perigo constante. Facto B) Segundo dados oficiais da BT, que monta um operação especial dia da mulher, ontem foi o dia do ano em que mais acidentes de viação foram registados, tudo sem consequencias graves, excepto para as carteiras dos maridos: como é sabido, as mulheres batem devagar - pois se elas não sabem andar depressa! - e amolgam o carro, e depois riem - claro, quem paga é o marido!; Facto C) Ontem é também o dia do ano em que mais bebidas de merda - safari, vodka com sabores, gold strike, etc e tal - é consumido.
Posto estes factos, voltemos à minha habitual saída nocturna com um amigo. Primeiramente deslocámo-nos a um ponto de encontro gay - para mostrar que não temos nada contra os gays, até porque se tivéssemos uma granada lacrimogénica ou um taco de baseball, usávamos - fomos tomar café ao café di roma. Logo na caixa, sem seque dirigir palavra, sentimos o primeiro sintoma do dia da mulher: as gajas malucas, com o pito aos saltos: a gaja da caixa, comeu-nos com os olhos, quer dizer...nós é que íamos consumir cacete!!não era ela! mas pronto...e ainda me obrigou a meter o talão - que ela nem precisava de me ter entregue - mesmo entre os dedos dela. pronto, mas ignorámos - até porque não era uma gaja muito boazona, era boa só, abaixo da nossa média.
Depois, fomos para um café de pescadores bebedos, pronto, com outro amigo e mais a namorada, tudo na boa, toca de beber cerveja, tudo fixe.
Então, lá para as 2, decidimos ir para os bares: ó-u-ó. foi do bom e do bonito. só gajas, xungas, bebedas, mesmo descontroladas, a fazerem-se a tudo o que mexia e tinha barba e bigode - e quem tem picha também fode!! Era só hormonas a pulular. Bom, mas fintámo-las e decidimos entrar num bar mais recatado: a dona era boazona, mas essa não nos deu bola, excepto uns sorrisitos e tal. Na mesa à nossa frente, três teenagers sozinhas, com 2 com aspecto de freak, outra mais velha com bruta minisaia mas com aspecto de (suposta) mais madura. ficámos ao balcão e toca de beber umas cervejitas quando - levantaram-se e colaram-se a nós - num bar vazio - aos segredinhos e a olhar-comer. bah. decidimos bazar que já era tarde e nós somos pessoas com afazeres, tipo dormir até às 4 da tarde então alah que se faz tarde. oh...fomos seguidos até ao carro. depois quando arrancámos: "aí, não nos dão boleia?" parámos: "querem boleia, tem de pagar portagem" "ah nós temos ali um gajo à espera" tá bem, ciao. parámos mais à frente para comer qq coisa. quem é que apareceu? não, não foi um gajo. "então, e a boleia?" hhhmmm quer dizer...depois bazámos sem dizer nada.
Esta história de merda é só para exemplificar uma coisa: dia da mulher? fodaxe. o dia ontem foi mais dos homens do que das mulheres: os bares e as discotecas parecem restaurantes self-service. é só mulheres malucas, bebedas, com ele aos saltos, à procura de gajo. e gajos daqueles que ninguém pega à procura de gajas fáceis. mas: elas não querem esses. aí é que tá o engraçado: as gajas que vão para o engate não querem os gajos que tão lá sozinhos! (se tão sozinhos por alguma razão é!). e as cenas de strip? uaauauau. mas...o que é que elas vão ver ao strip? uma pixota? fdx...isso mangueiras há aí a montes. bem, os homens também vão ao strip e com muito mais frequência mas não vao para lá histéricos como se fosse a ultima mulher do mundo no dia em que os americanos decidirem mandar o seu arsenal nuclear para cima de nós. quer dizer...vê-se o strip enquanto se bebe um copo ou isso, não é tar ali 10 gajas todas malucas : tira-mata-esfola-é meu.
Eu pelo que vi ontem, aposto que os homens desejavam ter mais dias da mulher durante o resto do ano. oh se desejavam...
publicado por товарищ V. E. às 07:51
link do Manifesto | Debater | Assistir ao debate (11) | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|

The A-Team

tpub12.jpg

"In 1972 a crack commando unit was sent to prison by a military court for a crime they didn't commit. These men promptly escaped from a maximum security stockade to the Los Angeles underground. Today, still wanted by the government, they survive as soldiers of fortune. If you have a problem, if no one else can help, and if you can find them, maybe you can hire the A-Team."

www.ateamshrine.co.uk/
publicado por товарищ V. E. às 07:15
link do Manifesto | Debater | Assistir ao debate (3) | Adicionar ao Livrinho Vermelho
|

товарищи

Lenin

Manifestos recentes

Abençoados

10 de Junho

Year Zero

Descoberta fantástica!

Fruta

A luta continua!

Após uma tragédia no meu ...

O Natal

Eu

Aquecimento global

God-Zilla

Materialismo dialéctico

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Carlos

pesquisar

 
Marxismo

Ligações obscuras

eXTReMe Tracker

subscrever feeds